Menu
Receitas

Receita de bolo de churros

Neste post eu vou te ensinar como eu fiz o meu mais novo bolo favorito da vida, inspirado em festa junina (embora você possa fazer em qualquer época do ano) que é um bolo de churros. Sim, o sabor lembra muito os churros tradicionais e nos dá vontade de querer ainda mais um pedaço sem mesmo ter terminado aquele em que estamos comendo. Acredite.
Dia desses coloquei na minha cabeça que queria fazer um bolo diferente do normal, pois desde que cheguei aqui em Portugal só tenho feito bolo de chocolate, milho e até testei fazer pela primeira vez um bolo de cenoura, mas queria algo realmente diferente, com um sabor não tão comum e que a gente não faz sempre sabe? E em meio a algumas andanças pelo pinterest encontrei essa receita de bolo de churros que me deixou com água na boca e muita ansiedade para testar. Foi assim que nesse último sábado decidi finalmente testar algo diferente, e com algumas adaptações e mudanças quanto a receita original, tive um resultado além do que eu particularmente esperava: ficou divino.
A massa ficou fofinha, o doce de leite perfeito e o sabor, não tenho palavras para descrever. Então se você quer ter a noção do qual bom esse bolo fica, vou compartilhar a receita que utilizei para você experimentar ai na sua casa.
Ingredientes para a massa:
3 ovos
2 xícaras de farinha de trigo sem fermento
1 xícara de açúcar branco
1/2 xícara de óleo
1 copo de água em temperatura ambiente (você pode usar leite também)
1 colher de sobremesa bem rasa de canela em pó
2 colheres de chá de essência de baunilha
1 colher de fermento em pó
Ingredientes para a calda:
1 lata de leite condensado
2 colheres rasas de açúcar branco
1 colher de chá de canela em pó
A medida da xícara que usei foi de 200ml
Modo de preparo:
Começamos pela calda, para transformar o leite condensado em doce de leite. Coloque a lata de leite condensado dentro de uma panela de pressão e encha de água até cobrir a lata. Em seguida leve ao fogo médio e conte 30 minutos a partir do momento que a panela começar a chiar. Assim que der os 30 minutos, tire a pressão e deixe esfriar antes de abrir a panela. 
Um adendo aqui é: tenha muito cuidado, se não se sentir confiante em fazer por si mesma, peça ajuda à alguém.
Depois de esfriar, abra a lata e coloque todo o doce de leite dentro de um outro recipiente e mecha bem para deixar mais cremoso e reserve.
Hora de fazer a massa (no meu caso eu coloquei a panela de pressão no fogo e enquanto isso foi fazendo a massa). Em um recipiente, coloque os ovos, óleo, açúcar, água e a essência de baunilha e bata com a batedeira por alguns minutos. Desligue e aos poucos adicione a farinha de trigo e a canela, mexendo com o auxílio de uma colher antes de ligar novamente a batedeira. Por último adicione o fermento em pó e bata mais uma vez por alguns minutos para deixar a massa ainda mais fofinha.
Unte uma forma com furo no meio de tamanho médio, com óleo e polvilhe o trigo por cima. Depois leve ao forno aquecido em 180 graus por cerca de 30 a 40 minutos (vai depender muito do forno). Faça o teste do palito e se sair limpinho, já está pronto. A minha dica aqui é: deixe alguns minutos a mais para ficar mais moreninho.
Retire do forno e espere esfriar completamente.
Com o doce de leite em mãos, desenforme o bolo em um prato ou recipiente especifico e coloque com o auxilio de uma colher o doce de leite na parte de cima do bolo deixando ele mesmo escorrer naturalmente para a parte de baixo. Por fim é só polvilhar o açúcar misturado com a canela em cima e vualá, está prontíssimo o seu bolo.

Ele fica absurdamente perfeito, sério. Recomendo de olhos fechados. Se você ficou com água na boca e quer testar essa receita na sua casa, não exite, reserve os ingredientes e faça porque vale muito a pena. E é claro, não deixe de vir aqui depois nos comentários e compartilhar o que você achou do bolo e também o feedback das pessoas da sua casa. Vou adorar saber!!!
Me acompanhe no IG @larissabuenoc , lá compartilho de forma mais próxima, sobre a minha vida e tudo o que o Senhor tem gerado em meu coração.
Com carinho, Lari.

No Comments

    Leave a Reply